terça-feira, 23 de dezembro de 2014

NATAL

A estrela que brilha além da noite e da neve
Suspende hoje a intempérie no silêncio noturno
Sobre o estábulo despencado
Habitado por brilhos e sorrisos claros
De um recém-nascido sem bandeiras nem
Tambores

Mas traz consigo primaveras, lenha e trigo,
Cacho, alegria, milagres
Espuma, serenidade e sonhos
Para vocês, amados de Deus.
Feliz Natal!
(Frei Ignácio Larranãga - Circular nº 11/1998)

Especialmente para Lilá(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário